adolescência · alcoolismo · emancipação · histórias de vida · responsabilidade

O grupo das quartas-feiras

 

duplo 1 fim

A minha primeira semana na universidade resumiu-se a um imenso remoinho de insónias e de agitação.

Fiz alguns amigos entre os quais a minha madrinha, uma rapariga que dava pelo nome de Jane. Jane atraía-me pela sua postura teatral deslumbrante e, uma vez que o teatro era a minha especialidade, decidi fazer-lhe uma entrevista. Continue reading “O grupo das quartas-feiras”

histórias de vida · mães-adolescentes

Ser mãe aos quinze anos

mãe m

Fiquei grávida no fim do nono ano. Foi um choque total. Sabia que teria de enfrentar muitas dificuldades: dar a notícia aos meus pais, decidir se iria adiante com a gravidez, e descobrir que maneira eu e o Ronnie, o pai da criança, tomaríamos conta dela. Como, apesar da inconsciência do nosso comportamento, tinha consciência de que ia precisar de muita ajuda, falei primeiro com a minha mãe. Assim que lhe contei, percebi o quanto a desapontara e o quanto ela se debatia para aceitar a situação e falar dela ao meu pai. Continue reading “Ser mãe aos quinze anos”

alcoolismo · histórias de vida · responsabilidade

Escolhas

your-true-nature-by-christian-schloe m

Cresci numa pequena cidade bem próximo de Savannah, na Georgia, onde ninguém fechava as portas à chave durante a noite e a maior diversão era a noitada de futebol na escola secundária todas as sextas-feiras. O único crime de que se falava era a ocasional multa por excesso de velocidade e talvez, muito de vez em quando, estourasse uma briga ao sábado à noite no único bar da cidade. É uma cidade pequena e sossegada, onde os pais querem criar os filhos longe do crime e dos perigos de uma cidade grande, e onde os adolescentes sonham em partir à procura de algo maior e melhor. Continue reading “Escolhas”

homem-mulher · machismo · opressão · violência doméstica

Alice

mulher violência 3 m

Experimenta retirar com vagares de susto a lâmina do punhal que continua a esfacelar-lhe a alma; enquanto o corpo marcado guarda a memória de um medo dilacerante e visceral,

vida destroçada, sabe, encolhendo-se diante das imagens que sempre surgem de súbito, como relâmpagos de luz ácida e acutilante, a cegá-la com o seu ferrete de gume noturno e sem misericórdia, Continue reading “Alice”

desigualdade · excisão · homem-mulher · injustiça · machismo · opressão · patriarcado · submissão · violência · violência doméstica

Nómada – Ayaan Hirsi Ali – leitura seguida

ayaan

Ayaan Hirsi Ali atraiu atenção mundial com o livro de memórias Infiel, que ficou 31 semanas na lista de best-sellers do New York Times e conta a sua infância e adolescência na Somália, na Arábia Saudita, na Etiópia e no Quénia sob o rigor do islamismo, até chegar à Holanda, onde se tornou uma das principais críticas do islão e defensora dos direitos das mulheres. Agora, em Nómada, ela narra a sua mudança para os Estados Unidos em busca de uma nova vida, longe dos islamitas europeus que a ameaçaram de morte. Continue reading “Nómada – Ayaan Hirsi Ali – leitura seguida”

opressão · submissão · violência

O maltrato subtil

mulher violência 2 m

Um belo dia, numa cidade de um belo país, nasceu uma linda menina, cujos olhos maravilhosos observavam tudo em seu redor. Continue reading “O maltrato subtil”

mulheres

Uma carta de despedida

Carta de despedida da senhora Schmidt

 (encontrada pelo filho mais velho)

*  2 pães
*  100 gr. de queijo fatiado
*  2 iogurtes de fruta
*  1 kg de arroz
*  1 embalagem de papel higiénico
*  50 g de presunto
*  1 sabonete 

Erwin Grosche

Hans-Joachim Gelberg
Die Erde ist mein Haus
Weinheim, Belz Verlag, 1988
Tradução e adaptação